NOTÍCIASNotícias

TRABALHABILIDADE: você tem?

25.08.2016

A conhecida expressão empregabilidade deu espaço para o termo trabalhabilidade.

Por: Davi Valar (Assessoria de Comunicação – Fijo) Daniela Boucinha (Escritório de Carreiras da PUCRS)

 

Esse mundo corporativo inventa cada coisa que muitas vezes fica difícil de entender. Mas é importante saber compreender o mundo dos negócios. Se não dependemos dele diretamente, indiretamente vamos depender. Alguns anos atrás falava-se muito em empregabilidade, que era definido como o conjunto de conhecimentos, habilidades e comportamentos que nos tornava importantes para qualquer empresa.

 

A bola da vez agora é outra. A conhecida expressão empregabilidade deu espaço para o termo trabalhabilidade. E você se pergunta: o que isso significa? A ideia de trabalhabilidade é aplicar nossos conhecimentos e habilidades em diversas formas de atuação, dentro ou fora de uma empresa. O conceito refere-se à capacidade de gerar trabalho, independentemente do emprego formal e, dessa forma, criar ou potencializar novas fontes de renda.

 

Em uma época que o mercado de trabalho passa por uma profunda instabilidade e que os vínculos empregatícios já não se configuram mais como antes, a trabalhabilidade surge como uma alternativa inteligente para que possamos sobreviver ao selvagem mundo do trabalho. Por meio de diferentes formas de atuação, podemos optar por trabalhos autônomos como consultoria, abrir o próprio negócio, pensar na possibilidade de ser professor, entre outros inúmeros caminhos onde a criatividade não impõe limites. Mas, para isso, autoconhecimento é fundamental. Assim, identificar as próprias habilidades é um passo crucial para começar um novo projeto.

 

A trabalhabilidade exige um planejamento de carreira mais estruturado e uma postura muito mais proativa de nossa parte. Se a empregabilidade, associada a um emprego formal, nos permite mais segurança e retorno financeiro, a trabalhabilidade traz consigo a ideia da pessoa como protagonista da própria carreira expandindo seus horizontes para novas formas de trabalho e, porque não dizer, de felicidade e satisfação. É claro que esse caminho não é simples. Além de conhecer nossas habilidades, buscar por qualificação e estar atento às novas exigências do mercado, acaba sendo fundamental para traçar esse novo rumo. Mesmo em tempos de crise, o profissional atento pode encontrar alternativas de se manter altamente produtivo e assim, encarar esse mundo corporativo de uma forma muito mais criativa.

X

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/0/35/e0/fijo/public_html/site/public/inc/rodape.php on line 8