top of page

Afinal, como fomentar a diversidade e a inclusão?

Por: Ananda Arruda, psicóloga e Consultora de Carreira do PUCRS Carreiras




Vivemos em um mundo repleto de diversidade. Cada indivíduo é único, e nosso entorno é composto por pessoas provenientes de diversas origens socioeconômicas, étnicas e raciais, identidades de gênero e orientações sexuais, perspectivas culturais e pensamentos diversos. As inúmeras variações que compõem nossa sociedade são vastas e inesgotáveis. É fato incontestável que cada pessoa é singular, dotada de talentos e áreas de aprimoramento, que se complementam mutuamente. Se você não está num ambiente em que consiga admirar toda essa diversidade, é porque algo está errado.


Em comparação ao passado, onde o tema da diversidade era bastante negligenciado, avançamos na conscientização e discussão a seu respeito. Contudo, é alarmante notar que um grande número de indivíduos, ainda enfrenta preconceito, falta de oportunidades e abusos, tanto dentro quanto fora do ambiente de trabalho.


De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2023, a população negra continua sendo a mais excluída no mercado de trabalho no Brasil, outro dado nos mostra, que sete em cada dez pessoas com deficiência (PCD) também são excluídas desse ambiente. Além disso, uma pesquisa conduzida pelo G1 revelou que 33% das empresas estabelecidas no Brasil não contratariam pessoas que se identificam como LGBTQIA+.


Assim, mesmo com a crescente discussão sobre o tema da diversidade e inclusão, é evidente que a transformação em ações efetivas e projetos concretos ainda está por ser alcançada, a fim de eliminar a discriminação no mercado de trabalho e criar um cenário mais positivo para todos. Afinal de contas, é fundamental lembrar que esses dados refletem vidas reais, com sentimentos, aspirações e inúmeras habilidades.


Portanto, reuni cinco recomendações para estimular e fortalecer a promoção da diversidade e da inclusão nas empresas:


1) Ação:

É inegável que o discurso é fundamental, mas é a ação que efetua mudanças reais. A implementação de “Vagas afirmativas”, que visam promover a inclusão de grupos específicos, e a criação de grupos de trabalho dedicados a promover a diversidade são ações que podem criar um ambiente mais acolhedor e inclusivo. É válido também olhar para empresas que já estão trilhando esse caminho como exemplos de boas práticas.


2) Informação:

O combate ao preconceito e à discriminação começa com a informação. Pesquisar e entender as complexidades da diversidade é essencial antes de usar termos que possam ofender ou magoar alguém. É importante criar espaços para discussões informadas, como rodas de conversa, para fomentar o conhecimento correto.


3) Empatia:

Colocar-se no lugar do outro e compreender as diferentes realidades é um passo fundamental. Como mencionado anteriormente, somos todos únicos e diversas experiências moldam nossa perspectiva. Sair da zona de conforto para compreender as vivências alheias é essencial para abordar a diversidade e a inclusão de forma genuína.


4) Respeito:

Diversidade verdadeira só pode ser alcançada quando respeitamos e valorizamos todas as diferenças, garantindo um ambiente de trabalho inclusivo e seguro para todos.


5) Acessibilidade:

A verdadeira inclusão requer a garantia de acessibilidade em todos os aspectos, incluindo acesso físico, cognitivo e pessoal. E cabe a nós e as empresas realizar esta garantia.

No início de outubro do ano de 2023, o PUCRS Carreiras participou em parceria com a Rádio Atlântida, da Conferência Juntos, que foi realizada pela McKinsey & Company. Essa conferência tinha como objetivo inspirar, conectar e desenvolver talentos negros. E conseguiu lindamente cumprir com o seu propósito! Assim, afirmo que é fundamental ter mais iniciativas como essa, que permitam a reflexão e a ação efetiva em benefício da diversidade e inclusão.


Dentro do PUCRS Carreiras pesquisamos e levantamos muito o assunto sobre “Futuro do trabalho” e é essencial que aspiremos a um futuro marcado por muito respeito, inclusão e diversidade na PRÁTICA. Vamos juntos?

4 visualizações

Comments


bottom of page