Como ser notado no LinkedIn



Por: Amanda Ferronato – Assessoria de Comunicação –


Diferente das outras redes sociais utilizadas para entretimento, o LinkedIn é considerado a maior rede social profissional do mundo, ou seja, um ótimo lugar para encontrar boas oportunidades. Para se destacar e ser visto nessa rede é preciso duas coisas: a primeira é ter seu perfil atualizado e completo, um perfil campeão. E a segunda é o assunto que vamos abordar nesse texto, a produção de conteúdo.


Antes de pensar o que produzir, você precisar definir onde irá publicar o conteúdo: como publicação no feed (tem um limite de 1300 caracteres, é um tipo de publicação mais simples de produzir e não requer uma estrutura elaborada) ou como artigo (não têm limites de caracteres e a ideia é que seja um texto mais aprofundado, diferente do feed que tenha uma estrutura que te ajude no desenvolvimento do texto e também para melhor leitura do público).


As dicas a seguir podem ser utilizadas para ambos os tipos de publicação, apenas deve-se adequar ao formato permitido por cada uma.

Lembre-se: todo o conteúdo deve ser pensado a partir de um caráter profissional, antes de publicar reflita o quanto a publicação pode agregar na tua carreira.

1 – Para quem? (aprendi no curso de jornalismo que ao escrever um texto, devo sempre ter em mente quem vai consumir esse conteúdo. Dessa forma, a linguagem deve ser clara, direta e com frases curtas para que todos os tipos de público possam entender o meu texto. No LinkedIn não é diferente, você estará conectado com pessoas de diferentes áreas, o seu texto deve falar direto com elas de uma maneira simples e pessoal, desperte nelas o sentimento de proximidade, como se o seu texto fosse falasse diretamente para elas).


2 – Conteúdo de valor (agora que você já sabe a forma de escrever para o LinkedIn chegou o momento de pensar o que produzir para a rede. Você pode apostar em:

Dicas/Sugestões (livros, filmes, cursos, conteúdos conforme sua área de atuação. Ex: 5 dicas de meditação pós trabalho / 3 dicas de como escrever uma boa redação).

Comentários ou opiniões (Ex: você assistiu uma propaganda de uma empresa falando que não testa seus produtos em animais e você achou muito bacana a atitude dessa empresa e faz um comentário a partir da tua visão sobre esse posicionamento OU está circulando o uso de uma #hashtag nas redes e você escreve sua opinião sobre esse movimento. É importante lembrar que todo comentário e opinião deve ter embasamento, muito mais do que colocar se é a favor ou não de algo, é preciso explicar o motivo.

Contar história/Cases (você não precisa ser jornalista para contar a história de uma pessoa que você admira, te inspira profissionalmente ou algo que você presenciou. No LinkedIn encontramos muitas empresas que relatam histórias de funcionários que iniciaram na empresa como estagiários e que hoje ocupam um cargo de diretor ou de um colaborador que ganhou uma bolsa de estudo pelo desempenho na empresa. São histórias reais que muitas vezes acontecem conosco, com o nosso colega e que compartilhamos na rede como forma de valorização, mas também de incentivo para outras pessoas).

Lições que aprendi (Ex: você participou de um curso/palestra e aprendeu 3 maneiras de ser mais produtivo no dia, você também pode marcar a pessoa que ministrou o curso. É uma ótima forma de você mostrar que está se atualizando e que o curso foi muito proveitoso).


3 – Engajamento é um dos elementos mais importantes dessa rede que tem como propósito a conexão. Explore formato diferentes de publicações , vídeo, artigo ou publicação no feed. Também responda e interaja nos comentários, peça feedbacks e troque experiências. E não esqueça de interagir nos conteúdos de outros profissionais, isso contribui para tornar mais visível e relevante os seus conteúdos.


4 – Uso de imagens e vídeos (utilize esses recursos em suas publicações para enriquecer sua publicação, sempre levando em consideração que devem ter foco num contexto em carreira).


5 – Uso de #hashtag (ajuda os usuários a encontrarem o seu conteúdo e dar mais visibilidade para teu perfil. O ideal é fazer uma busca pelas mais usadas em cada assunto, você pode recorrer ao Instagram que mostra o número de publicações a partir de cada hashtag, faça essa verificação antes de publicá-las.

9 visualizações